Contenido principal del artículo

Viviane Borelli
Luan Moraes Romero
Pablo FURLANETTO
Rafael Marcelino Bald

Este artículo tiene como objetivo problematizar la accesibilidad dentro de la rutina de la producción periodística en una revista de laboratorio. Para ello, contextualizamos nuestra reflexión en torno al enfoque legal sobre accesibilidad el concepto de inclusión y la audiodescripción además del escenario de carencia de productos mediáticos accesibles. Metodológicamente, comenzamos por observar las formas en que las personas con discapacidad visual acceden a los contenidos periodísticos, para, en un segundo momento, a través de la investigación experimental concebir la elaboración del formato accesible de la revista de laboratorio .txt a través de la audiodescripción de imágenes. El resultado es un entorno generador de conocimiento, que incentiva el desarrollo y la creación de nuevas herramientas didácticas inclusivas, compatibles con la discapacidad. La accesibilidad comunicacional sigue siendo un desafío al que se enfrentan tanto el mercado como la academia, que debe buscar alternativas para desarrollar productos accesibles a personas con discapacidad.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.
Borelli, V., Romero, L. M. ., FURLANETTO, P. ., & Bald, R. M. (2021). Comunicación inclusiva: desarrollo de la accesibilidad en el ciclo de producción de una revista de laboratorio. Anuario Electrónico De Estudios En Comunicación Social "Disertaciones", 15(1). https://doi.org/10.12804/revistas.urosario.edu.co/disertaciones/a.10125

Luan Moraes Romero

 

Aluno do Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFSM, com orientação da professora doutora Viviane Borelli.  Bolsista CAPES. E-mail: luan1648@gmail.com

https://orcid.org/0000-0003-4495-6672

Pablo FURLANETTO

Jornalista graduado pela UFSM em 2020. Foi bolsista de Iniciação Científica/PROBIC/Fapergs, com orientação da professora doutora Viviane Borelli e recebeu o  Prêmio 40 Melhores da a 33ª Jornada Acadêmica Integrada da UFSM de 2018, louvor concedido a trabalhos de iniciação científica que foram destaque na instituição.  Email: furlanettopablo@gmail.com

https://orcid.org/0000-0002-5097-7077

Rafael Marcelino Bald

Rafael Bald. Especialista em Cinema pela UFN. Publicitário formado pela UFN. Técnico Administrativo em Educação da UFSM, onde exerce o cargo de diretor de Imagem da UFSM.

https://orcid.org/0000-0002-8640-0536

Belarmino, J. (2010). Em algum lugar do passado. In L. M. V. de M. Motta & P. Romeu Filho (Org.), Audiodescrição: transformando imagens em palavras (pp. 199-202). Secretaria dos Direitos da Pessoa Com Deficiência do Estado de São Paulo.

Bersch, R. de C. R. (2009). Design de um serviço de tecnologia assistiva em escolas públicas (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil. http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/18299/000728187.pdf?sequence=1

Bonito, M. (2012). Jornalismo digital deficiente e inconvergente. Anais de Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 35, 1-15. http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2012/resumos/R7-2297-1.pdf

Bonito, M. (2015). Processos da Comunicação Digital Deficiente e Invisível: mediações, usos e apropriações dos conteúdos digitais pelas Pessoas com deficiência visual no Brasil (Tese de doutorado). Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS, Brasil.

Borelli, V. (2012). O processo de midiatização do jornalismo: desafios e perspectivas da prática laboratorial. In. M. da S. Ada Cristina (Org.), Estratégias midiáticas (pp. 149-165). Santa Maria, Brasil: FACOS UFSM.

Braga, J. L. (2010). Nem rara, nem ausente – tentativa. Matrizes, 4(1), 65-81. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v4i1p65-81

Brasil. (2004). Decreto N.º 5.296/04 que regulamenta as Leis 10.098/00 e 10.048/00. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5296.htm

Brasil. (2009). Decreto N.º 6.949/09. Promulga a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e seu Protocolo Facultativo, assinados em Nova York, em 30 de março de 2007. http:// www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6949.htm

Eco, U. (1991). Obra Aberta. Perspectiva.

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. Atlas.

Brasil. (2015). Lei n.º 13.146 de 6 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília, DF. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm

Michel, M. H. (2005). Metodologias e pesquisa científica em Ciências Sociais. Atlas.

Motta, L. M. V. de M., & Romeu Filho, P. (2010). Audiodescrição: transformando imagens em palavras. Secretaria dos Direitos da Pessoa Com Deficiência do Estado de São Paulo. https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/planejamento/prodam/arquivos/Livro_Audiodescricao.pdf

Nöth, W. (2003). Panorama da semiótica de Platão a Peirce. 4. ed. Annablume.

Oliveira, A. (2011). Para que serve o Adobe Reader? Descubra o que é esse programa. Techtudo. http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2011/05/para-que-serve-o-adobe-reader-descubra-o-que-e-esse-programa.html

Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. (2007). Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Brasília, DF. https://sisapidoso.icict.fiocruz.br/sites/sisapidoso.icict.fiocruz.br/files/convencaopessoascomdeficiencia.pdf

Salton, B., Agnol, A., & Turcatti, A. (2017). Manual de acessibilidade em documentos digitais. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. http://sites.riogrande.ifrs.edu.br/arquivos/1486518/manual-de-acessibilidade-em-documentos-digitais.pdf

Sassaki, R. (2009). Inclusão: acessibilidade no lazer, trabalho e educação. Revista Nacional de Reabilitação (Reação),12, 10-16.

Sousa, J. P. (2001). Elementos do jornalismo impresso. Biblioteca On-line de Ciências da Comunicação. http://www.bocc.ubi.pt/pag/sousa-jorge-pedro-elementos-de-jornalismo-impresso.pdf

ufsm. (2016). Plano de desenvolvimento institucional 2016-2026. ufsm. https://www.ufsm.br/pro-reitorias/proplan/pdi/

Verón, E. (2004). Fragmentos de um tecido. Editora Unisinos.

Detalles del artículo